quarta-feira, 11 de maio de 2016

Pet play: Lobos

                                                             Por Mariana Dias

Bom, a pedido da Ingrid De Aquino, resolvi fazer um texto a respeito de Pets lobos. Já deixo claro que essa é a MINHA visão sobre a espécie, é MINHA interpretação dos comportamentos do animal.



Eu considero que Brat seja o tipo de bottom que mais corresponde ao comportamento de um animal selvagem, portanto é incomum que você encontre bottoms submissos que interpretem lobos.
Lobos são animais extremamente inteligentes e fiéis, por tanto, apesar de não serem exatamente 'obedientes', protegerão aqueles que gostam e são capazes de compreender (Perceba que é ~~compreender~~, não obedecer) ordens.
Sua sociedade é igualmente definida com uma hierarquia: Dos alfas, os 'líderes' do grupo e principais reprodutores - aos ômegas, os mais fracos e por tanto submissos aos demais na Alcatéia. Nesse raciocínio, apesar de incomuns, Pets lobos podem ser submissos, caso se identifiquem mais com o perfil de um ômega.
Com a existência dessa hierarquia, podem existir Brats de variados níveis de insubordinação. Alfas, por exemplo, são normalmente indomáveis e agressivos, exigindo muito mais paciência e determinação de seus Tamers, enquanto Betas podem ser desobedientes, mas quase nunca recorrem a agressividade.
Um Pet lobo que seja alfa não se dá muito bem com estranhos, então pode rosnar e em casos extremos até morder (Lógicamente, sem o intuito de machucar, galera. É um role-play, apenas) caso o estranho em questão abuse de sua paciência, sendo por tocá-lo ou importuná-lo com ordens. Um beta, por outro lado, irá apenas ignorar aqueles que o incomodam, e um ômega colocará seu rabo entre as pernas e obedecerá.
~-~-~
Enfim... É isso, gente! Quem tiver dúvidas, sinta-se livre para perguntar nos próprios comentários dessa postagem ou no meu inbox.
PS.: Na dúvida, uma focinheira é indicada! Hehe...

Nenhum comentário:

Postar um comentário